sábado, 10 de março de 2012

Carta de demissão com tradução

Prezados Colegas
Malditos Escravos
Chegou a minha vez de me despedir de todos vocês. Os últimos anos foram magníficos no desenvolvimento da minha carreira, mas é hora de partir em busca de novos desafios profissionais.
Estou caindo fora desta merda….. Após anos de exploração sem sentido, baixo salário e horas-extras não remuneradas, finalmente consegui arrumar um emprego melhor que este (o que não quer dizer grande coisa).
Gostaria de deixar meus agradecimentos a todas as pessoas que de alguma forma me ajudaram durante todos estes anos. Sei que posso acabar esquecendo alguém, mas algumas delas merecem uma saudação a parte:
Abaixo segue a lista das pessoas que transformaram a minha vida num inferno durante todos estes anos. Existem muitos outros filhos das putas, mas não consigo lembrar o nome de todos:

1) Em especial fica um forte abraço para o Teixeira, meu chefe ao longo desta jornada, pelo aprendizado, dicas e também broncas;
1) Filho da puta do Teibicha, maldito corno, jamais cumpriu sequer uma das promessas que me fez. Sempre de mau humor, consegue a todo o momento desmotivar a equipe com sua incompetência e métodos pré-históricos de trabalho.
2) Para toda a equipe do Depto. Pessoal, em especial para a Rita, pela simpatia, disposição em resolver meus problemas e também por ter me selecionado (hehe);
2) A vaca do RH, pelo mau humor cotidiano com cara de mal amada, e clara insatisfação em ajudar quem quer que seja.
3) A toda equipe de TI, que prontamente solucionou inúmeros problemas em nosso sistema;
3) Aos incompetentes da área de sistema, que demoram uma eternidade pra resolver qualquer problema em nossas máquinas, e normalmente o fazem com cara feia e má vontade.(Filhos das Putas QUE TIRARAM A NOSSA INTERNET)
4) A equipe do nosso escritório Regional, pela ajuda com nossos eventos;
4) Aos sanguessugas do escritório regional, incapazes de resolver qualquer problema por conta própria, fizeram eu perder inúmeros finais de semana para ajudar em situações que eles criaram.
Fica aqui o meu grande abraço para todos vocês, pelas risadas, happy-hours, problemas resolvidos e desafios enfrentados. Tenho orgulho de ter feito parte desta família maravilhosa.
Adeus para todos. Chega de fofoca, baixo nível, picuinha e palhaçada.
Sei que conversaremos em breve.
Nunca mais quero ver nenhum de vocês.
Abraços
Vão todos tomar no cú!

8 comentários:

Luis Eduardo Pirollo disse...

Olá minha querida amiga Jô, boa noite!!!
Minha adorável amiga, que maravilha de tradução... realmente, na demissão se escreve a carta querendo dizer outra coisa... kkkkkkkkkkkkk.... a despedida é de matar... de rir... kkkkkkkkkkkkk.... Valeu minha amiga, adorei essa tradução!!!
Tenha uma linda noite e um domingo maravilhoso e feliz!!!
Beijos com carinho e muita paz!!!

Live Blog disse...

Credoooo, onde foi arranjar este traductor ??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Quero um pra mim, fico esperando :)

Bjs

terezab disse...

Bom demais esse tradutor, na verdade é o que todos que deixam os empregos gostariam de dizer.
abraço

Pithan Pilchas disse...

olá Jô,

conferindo o blog.

Bju

Paulo

Valéria Braz disse...

Olá Jobênia... este tradutor é booooommmmmmmmmmmmmm!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... muito legal!
beijo no coração

Pura Emoção! disse...

KKKKKKKKKKKKK!!!! Adorei!KKKKKKKKKKKKKKKK!!!

Pura Emoção! disse...

KKKKKKKKKKKKK!!!! Adorei!KKKKKKKKKKKKKKKK!!!

soueste QUOTIDIANO disse...

Olá Jô, tanta revolta aqui expressa. Na actual conjuntura económica, Mundial, Nós operários dos ricos, mais não temos senão vontades de expressar Nossos ódios, porém acabamos silenciados de forma a manter-nos o nosso posto. Imagina que ainda hoje tenho chefe que me pergunta se sei enviar um e-mail,sabendo eu que ele próprio não sabe corrigir no Word, mas ele é que é o chefe e eu seu servidor, como tal, para continuar a trabalhar e ganhar o pouco que seja, calo-me e humildemente lhe digo que irei tentar enviar o correio electrónico. Estas revoltosas atitudes para mim só têm uma resposta, falta de formação e de berço.
Obrigada Jô e se tal se passou contigo ou outrem, continua humildemente a servir o reinado, pois um dia acabará, os bons se tornarão maus e os maus se tornarão bons.
bjs