sexta-feira, 11 de maio de 2012

A minha mãe que tanto amo




Você que me deu o bem mais precioso.
"A vida"
Me esperou com tanto carinho.
Me ensinou os primeiros passos.
As primeiras palavras.
As lembranças mais antigas que tenho de você,
É sua mão segurando a minha para me dar proteção.
Sua voz doce, cantando cantigas de ninar,
me fazendo dormir e sonhar.
Um sono sereno, tranquilo,
Sabendo que você estaria ali a me proteger.
Você que lutou, sorriu, chorou.
Mas não deixou a amargura tomar conta de seu coração.
Você que me ensinou a ser mulher,
mas continuar com meu sonhos de criança.
A ser forte, sem ser amarga.
Abrir meus caminhos,
Tomando sempre cuidado com as plantinhas ao redor.
Com você aprendi a ser "gente" que respeita "gente".
Aprendi a ter fé, aprendi a aceitar os defeitos das pessoas.
Aprendi que o amor tem que ser incondicional.
Minhas melhores lembranças,
são as que você cria todos os dias...
no amor que sinto em tudo o que você faz.
No brilho de seu olhar
Mãe...
Que Deus a proteja sempre,
Te ilumine, te de forças para continuar sua batalha.
E que eu possa sempre sentir e ter esse amor maior
em todos os momentos de minha vida



3 comentários:

Valéria Braz disse...

Linda homenagem Jô, a este ser que está a nosso lado em todos os momentos, e ainda tem a santa paciência de suportar todos os nossos altos e baixos!
Beijo no coração

Samanta Sammy disse...

Olá queridona !!

Que postagem mais linda !!! É emocionante quando presenciamos esta gratidão pura e sincera de uma filha para com sua mãe, sinal de que ela lhe ensinou a ter um grande coração !
Maravilhoso o texto, continue assim, valorizando aquela que lhe tornou esta pessoa especial e que está sempre presente em nossas vidas demonstrando em cada gesto um amor incondicional !

Muchos beijosssssssssssss e uma linda semana pra você !! :D

Eu... Márcio disse...

GOSTEI MUITO, LINDO!